For latest information on South African COVID-19 Resource Portal go to sacoronavirus.co.za
Toggle Bar
A Fundação Aurum entra em parceria com o Governo de Moçambique para acabar com a TB

A Fundação Aurum entra em parceria com o Governo de Moçambique para acabar com a TB

O Governo de Moçambique demonstrou o seu compromisso para acabar com a TB, com o Primeiro Ministro Carlos Agostinho do Rosário presidindo recentemente o lançamento de uma nova terapia de prevenção da TB (TPT).

A Fundação Aurum, afiliada em Moçambique de The Aurum Institute, está introduzindo um tratamento de curta duração para TPT, chamado 3HP, como parte do projecto IMPAACT4TB. O tratamento previne que pessoas com TB latent desenvolvam a forma activa da doença tuberculosa. IMPAACT4TB, liderado pela Aurum, é implementado simultaneamente em 12 países com alta carga de TB. Em Moçambique, Gana e África do Sul, Aurum implementa o projecto directamente.

Acesso

Em declarações no lançamento, o dr. Emilio José Valverde, Director Nacional da Fundação Aurum sublinhou que o 3HP facilitará o acesso ao tratamento preventivo da TB necessário para pessoas vivendo com HIV e crianças que estejam em contacto com casos de TB nos seus lares.

No lançamento, celebrado no Conselho Municipal da Cidade de Maputo, estiveram também presentes o Ministro da Saúde, dr. Armindo Tiago, o Presidente do Conselho Municipal da Cidade de Maputo Eneas Comiche, o Director do Programa Nacional de Controlo da Tuberculose (PNCT) dr. Ivan Manhiça, e outros oficiais do governo, bem como representantes de diferentes parceiros de saúde nacionais e internacionais.

Parceiro relevante 

“O lançamento do 3HP é a confirmação da Fundação Aurum como um parceiro relevante no sector da saúde em Moçambique, particularmente nas áreas de TB e HIV,” disse Valverde.

O primeiro paciente que recebe 3HP iniciou tratamento durante a cerimónia de lançamento. Poucos dias mais tarde, a administração de 3HP começou em diferentes Unidades Sanitárias, dentre elas o Centro de Saúde do Zimpeto em Maputo, onde a paciente Naima Júlio começou o seu tratamento com 3HP. Desde então, mais de 600 pacientes começaram já tratamento em várias Unidades Sanitárias.

“Temos grandes expectativas com a introdução do 3HP, e esperamos conseguir financiamento para outros projectos, visando a consolidação da Fundação Aurum no sector da pesquisa operacional em saúde em Moçambique,” disse Valverde.