For latest information on South African COVID-19 Resource Portal go to sacoronavirus.co.za
Toggle Bar
×

Join Aurum in the fight against COVID-19 Virus


Donate Now
Aurum acolhe novos membros do conselho de direcção

Aurum acolhe novos membros do conselho de direcção

The Aurum Institute acolhe três novos membros do seu Conselho de Direcção, todos eles com amplos conhecimentos e experiência.

O Dr Jerry Gule, Yaw Peprah e Paula Fray uniram-se recentemente ao Conselho da Aurum como directores não executivos, sob a liderança da Presidenta Phangisile Mtshali, que foi nomeada em Maio.

De acordo com Mtshali, as novas nomeações fazem parte do compromisso da Aurum na transformação e construção de uma equipa mais forte a todos os níveis. Ainda, ela manifestou que os novos membros não só impulsam a agenda de transformação da Aurum, mas aportam uma experiência inestimável e importantes capacidades e perspectivas.

Fazendo a diferença

Gule, um Executivo de Recursos Humanos, disse que o que atraiu-o para Aurum é o trabalho que a organização realiza para criar uma diferença na qualidade de vida de pessoas pertencentes à comunidades vulneráveis. “Existem causas na vida nas que eu acho justo estar envolvido. Embora a minha contribuição possa ser indirecta, sei que trago comigo a visão e o pensamento de alguém alheio, aos desafios com os que a organização tem que lidar.” Gule é CEO do Institute of People Management (IPM) e Presidente da South African Employers for Disability (SAE4D), uma organização sem ânimo de lucro formada por companhias de ponta para encorajar a inclusão das discapacidades no local de trabalho, e também da Love Trust, uma organização humanitária que promove a educação de qualidade para crianças vulneráveis em África do Sul. Ele elogiou o pessoal da Aurum pelo seu compromisso para influir positivamente nas vidas, salientando que é um privilégio para ele ser considerado parte da organização.

“É ainda mais emocionante estar completamente envolvido com os desafios e ter uma visão do que é possível para a organização, as suas gentes e aqueles aos que serve. Espero que a minha contribuição faça uma diferença. Espero que a minha experiência como líder em outros contextos irá agregar valor à Aurum,” disse Gule.

Ansioso para aprender

Revisor oficial de contas qualificado, Yaw Peprah tem experiência em Património Privado/Capital de Risco, assim como na avaliação e análise de planos de negócios e informação financeira, e na preparação de modelos financeiros. “Possuo uma mente que questiona de maneira natural, e espero que a minha formação como revisor de contas venha-me ajudar para apoiar à equipe. Estou também ansioso de aprender da grande experiência dos meus colegas do conselho,” manifestou.

Dar forma ao futuro

A especialista em média Paula Fray admira Aurum desde longa data pela sua inovação e a abordagem integrada da saúde. Ela trabalhou em meios de comunicação durante mais de três décadas como jornalista, editora, formadora e gestora de média. Actualmente, ela é a Directora Geral da organização pan-africana de formação em comunicação frayintermedia, fundada por ela em 2005. “Espero que a minha ampla experiência em África, Oriente Médio e Sudeste Asiático possa ser útil à organização na sua entrada em novos mercados para dar forma ao futuro da saúde global," disse Fray.


Pessoal da Aurum nomeado para a equipa tecnica da Vanderbilt University

Pessoal da Aurum nomeado para a equipa tecnica da Vanderbilt University

O Instituto AURUM tem orgulho em anunciar que 10 membros do seu pessoal sénior foram nomeados para diferentes posições adjuntas no Departamento de Medicina da Escola de Medicina da Vanderbilt University.

As nomeações são o producto dos esforços da Aurum para criar parcerias com instituições académicas em todo o mundo. A relação com esta universidade dos Estados Unidos foi iniciada pelo Dr Dave Clark, Director de Operações do Grupo Aurum e o Professor Roy Zent, Vice-Presidente de Pesquisa do Departamento de Medicina em Vanderbilt.

“Uma das áreas nas que acreditamos ser uma oportunidade para estabelecer uma grande parceria é a das nomeações académicas conjuntas. Roy e outros líderes e luminárias em pesquisa do Centro Médico da Vanderbilt University, tem-nos visitado para ver o que a Aurum pode fazer de maneira que possamos determinar formas conjuntas de trabalho. Esperamos que esta relação traga mais nomeações conjuntas, projectos, e aplicações a bolsas e outras oportunidades conjuntas para partilhar a nossa experiência com uma das universidades de ponta na ciência dos dados e saúde pública,” disse Clark.

Visitantes nomeados

Vanderbilt é uma universidade sita em Nashville, Tennessee, com 147 anos de vida. Orgulha-se de atrair os alunos e professores mais brilhantes de todo o mundo e visitantes ilustres de todas as procedências culturais e socioeconômicas. Os seguintes membros do pessoal da Aurum unem-se agora aos seus quadros.

Dr Dave Clark, Director de Operações do Grupo / Director Executivo: África Austral – Professor Adjunto

Dr Robert Wallis, Director Científico – Professor Adjunto

Dr Regina Osih, Assessora Técnica Sénior: TB/HIV – Professora Associada Adjunta

Dr Dino Rech, Director de Operações Regional: Programas de Saúde – Professor Adjunto Associado

Dr Violet Chihota, Investigadora Sénior: TB – Professora Associada Adjunta

Dr Emilio Valverde, Director Nacional: Moçambique – Professor Assistente Adjunto

Dr Craig Innes, Director Clínico – Divisão de Investigação Clínica - Professor Assistente Adjunto

Sra Tanya Nielson, Directora Geral: Divisão de Investigação Clínica – Instrutora Adjunta

Dr Nii Norton Hanson-Nortey, Director Nacional: Gana – Instrutor Adjunto

Dr William Brumskine, Director do Centro de Pesquisa Clínica: Klerksdorp – Instrucor Adjunto

Recentemente, a Aurum nomeou o Dr Yuri van der Heijden, Professor Assistente de Medicina na Divisão de Doenças Infecciosas no Centro Médico da Vanderbilt University, como Investigador Sénior na Aurum.

Todos os nomeados terão acesso aos vastos recursos académicos da Vanderbilt, e oportunidades de se envolver, consultar e discutir seu trabalho com os seus colegas da Vanderbilt, particularmente durante as palestras virtuais semanais.

O Dr Dino Rech manifestou sentir-se honrado pela nomeação. “Isto permite a expansão da rede de ideias e inovação entre o Instituto AURUM e a Vanderbilt University. “No final, espero que tenha contribuído para maiores avanços na melhoria e acesso à prestação de serviços de saúde, assim como a melhores resultados para os pacientes,” declarou.

O Dr Craig Innes fez eco destes sentimentos, indicando que ele espera também um incremento do impacto da Aurum na saúde pública global.

Para Tanya Nielson, isto cimenta o potencial da colaboração. “É uma oportunidade para construir sobre os pontos fortes de ambas as organizações e incrementar o impacto na saúde das comunidades que nos preocupam.”

Projecto Remedi

Já existem várias colaborações entre a Aurum e a Vanderbilt actualmente em curso. Project Remedi- que significa Reaproveitamento Internacional de Medicamentos Essenciais- é um grande projecto que visa o reaproveitamento de fármacos já existentes para novos usos com o propósito de poder melhorar dramaticamente o acesso a medicamentos de bilhões de pessoas em todo o mundo. O projecto está entre as 100 melhores propostas no concurso 100&Change da Fundação John D and Catherine T MacArthur para uma bolsa de 100 milhões USD para ajudar a resolver os desafios sociais mais críticos no mundo. A proposta está também sendo considerada pela Organização Mundial da Saúde.

“Em Moçambique temos já um pequeno programa conjunto para criar e capacitar uma unidade de pesquisa em ciências de implementação na Faculdade de Medicina da Universidade Eduardo Mondlane,” disse o Dr Emilio Valverde.

Parceria crescente

Felicitando a todos os membros do pessoal, o Director Executivo do Grupo, Professor Gavin Churchyard, disse que este é um “reconhecimento maravilhoso das contribuições individuais dos nomeados, e também um sinal poderoso da crescente parceria entre a Aurum e Vanderbilt University. Esperamos ansiosamente pelas contribuições à saúde global que possamos realizar, conjuntamente com a Vanderbilt, e ficamos enormemente agradecidos por ter sido considerados para estas nomeações, junto de uma das universidades de ponta dos Estados Unidos.”


Instituto AURUM abre novo escritório em Moçambique

Instituto AURUM abre novo escritório em Moçambique

MAPUTO – 13 MAIO: O Instituto AURUM abriu formalmente o seu escritório em Maputo, numa cerimónia que contou com a presença de representantes seniores do Ministério da Saúde de Moçambique, doadores e outros parceiros estabelecidos em Moçambique.

O escritório do Instituto AURUM em Moçambique será responsável pela implementação no país do projecto IMPAACT4TB, financiado pela Unitaid. Este projecto, de 4 anos de duração, que visa tratar a infecção latente por tuberculose, fornecerá uma terapia preventiva para TB de curta duração (3HP) a dois grupos vulneráveis: crianças menores de 5 anos de idade e pessoas vivendo com HIV, em 12 países com alta carga de TB: Brasil, Gana, Etiópia, Quénia, Tanzânia, Malawi, Zimbabwe, Moçambique, África do Sul, India, Camboja e Indonésia. Em conjunto, estes países representam o 50 por cento da carga global de TB.

A Aurum é a organização líder do consórcio IMPAACT4TB e o implementador do projecto na África do Sul, Gana e Moçambique.

O Director Nacional da Aurum, Prof Emilio Valverde, falando na cerimónia de inauguração, disse que a Aurum Moçambique irá trabalhar de perto com ministérios chave, parceiros de desenvolvimento e organizações locais para assegurar a implementação efectiva de 3HP no país.

“Falando claramente, a Aurum não poderá atingir os seus objectivos sem o apoio do povo Moçambicano e dos nossos parceiros,” manifestou.

Valverde e sua equipa estiveram acompanhados pelo Executivo da Aurum da África do Sul, Dr. Bulelani Kuwane e outros membros da divisão internacional da Aurum, incluindo a Gestora do projecto IMPAACT4TB Karin Turner, a Assessora Técnica Sénior Dra Regina Osih e a Investigadora Sénior Dra Violet Chihota. “Este é um momento muito auspicioso para a Aurum, já que estamos completando o nosso vigésimo primeiro ano como uma organização orgulhosamente Africana cuja missão é melhorar a saúde das pessoas e das comunidades que vivem na pobreza. Com este novo escritório em Moçambique, nos comprometemos a partilhar a nossa experiência e melhores prácticas,” disse o Executivo da Aurum Bulelani Kuwane.

A Dra Benedita José, representante do Programa Nacional de Controlo da Tuberculose de Moçambique, inaugurou oficialmente o escritório, declarando que o programa espera trabalhar conjuntamente com a Aurum para abordar a alta carga da TB no país.

Como parte da cerimónia, a Dra Benedita José, aceitou uma doação de 50,000 rands realizada pelos funcionários da Aurum como apoio aos trabalhos de recuperação dos estragos causados pelo ciclone Idai. Segundo Kuwane, os funcionários da Aurum decidiram reagir desta maneira com vista a colaborar na diminuição do impacto da devastação produzida por este ciclone tropical, que provocou mais de 1.000 mortes e afectou pelo menos dois milhões e meio de pessoas.